O consumidor 2021

2021

Pessoas e planeta sob pressão

A polarização dos rendimentos, a confiança da China e o planeta num ponto de ruptura vão definir os consumidores do futuro. Apenas com a compreensão dos desafios as marcas poderão suplantar e sobreviver à nova realidade.

Com a cada vez maior proximidade de 2021, sabe-se que o caminho para a compra está em contínua mudança e torna-se híper fragmentado. Até os mercados dirigidos diretamente ao consumidor, que têm conhecido crescimentos anuais fenomenais, estão à procura de oportunidades para se tornarem à prova das futuras mudanças nas prioridades dos consumidores. Mai do que nunca, esta é a alteração que mais importa – já não se trata do caminho para a compra, mas sim o caminho para as pessoas. O relatório anual Consumidore do Futuro da WGSN analisa as motivações macroeconómicas e sociais para entender como é que os desejos dos consumidores e capacidade de compra vão desenvolver-se. Esta pesquisa integra as emoções e sentimentos que podem causar maior impacto na mentalidade dos compradores.

A nossa combinação proprietária de análise demográfica (quem é o seu comprador) e pesquisa psicográfica (quais as razões da compra) é destilada em três grupos de consumidores que vão liderar as vendas e o compromisso em 2021. Alinhar com estas formas de estar será a diferença entre crescimento e estagnação.

Os impulsores do futuro

Antes de introduzir os grupos de consumidores chave para 2021 é necessário perceber o que dá forma às suas vidas quotidianas. Quais são os respetivos desafios e oportunidades e como podem as empresas criar produtos e serviços que reajam a estas necessidades distintas? As equipas de pesquisa global da WGSN segmentaram as motivações em Pessoas e Planeta. Assumindo uma abordagem ponderada sobre estas alterações abrangentes vai informar os líderes dos negócios sobre os caminhos para a inovação de forma a manterem-se relevantes, num ambiente que seguramente será pleno de desafios em crescendo.

 

No Comments Yet

Comments are closed